Cabeleireiro

O Técnico de Cabeleireiro Unisexo está apto a proceder à lavagem do cabelo, fazer cortes e penteados utilizando técnicas específicas de embelezamento de cabelos de senhoras e de homens, trabalhos técnicos de coloração, descoloração, permanente e desfrizagem, aplicar cabeleiras e postiços e proceder ao corte da barba com navalha em salões de cabeleireiro, institutos de beleza e estabelecimentos similares.

 

Saídas Profissionais

As atividades principais a desempenhar serão:

  • Assegurar a gestão corrente do estabelecimento de cabeleireiro, controlando os stocks e requisitando os produtos e equipamentos necessários;
  • Verificar e preparar as condições de utilização e limpeza dos equipamentos, utensílios e espaços do serviço de cabeleireiro;
  • Atender clientes e aconselhá-los sobre o embelezamento e tratamento de cabelos;
  • Efetuar o embelezamento e tratamento de cabelos, utilizando os processos e as técnicas adequadas e selecionando o equipamento, os utensílios e os produtos necessários;
  • Efetuar embelezamentos específicos em cabelos de senhoras, cortando-os, segundo modelos adequados às características próprias do cliente, e realizando penteados de fantasia;
  • Fazer e talhar barbas e aparar bigodes por processos e técnicas específicos utilizando navalhas, tesouras e outros utensílios e produtos apropriados;
  • Faturar os serviços prestados efetuando os cálculos necessários e cobrando a despesa aos clientes.

 

Condições Oferecidas

  • Subsídio de Alimentação
  • Subsídio de Transporte
  • Bolsa para Material de Estudo
  • Bolsa de Profissionalização

 

Estágios Curriculares Parceiros

No Projeto Educativo da Escola, assumem particular importância a conceção, organização, orientação, avaliação e a formação em contexto de trabalho (FCT), facto que deve ser tido em conta, na implementação do mesmo. Com esta aproximação pedagógica à realidade do mundo do trabalho, pretende-se possibilitar aos jovens a concretização plena das capacidades desenvolvidas, no contexto escolar, e constituirá uma extensão do espaço de formação, criando-se assim uma relação dinâmica entre a Escola e o tecido empresarial, no sentido de facilitar a colocação dos alunos no mercado de trabalho. Assim, tem sido uma preocupação constante da EPI., o estabelecimento de protocolos que garantam a realização adequada da FCT.

 

Condições de Acesso

Idade: 15 – 18 anos (14-18)

CEF T2: 6.º e 7.º anos completos, ou frequência 8.º ano

CEF T3: 8.º ano completo, ou frequência 9.º ano

Plano Curricular
Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação.